Do entretenimento adulto a irregularidades com empresários: Confira a investigação no Cruzeiro

Ontem, dia (18/05). Foi entregue a investigação feita pela Kroll, que mostrou enormes irregularidades dentro do clube mineiro.



A Kroll, é uma empresa estado-unidense, reconhecida por fazer grandes investigações dentro de instituições corporativas. A companhia foi contratada pelo conselho gestor da raposa, para averiguar os escândalos que aconteceram na última gestão. Que acabaram culminando no rebaixamento do Cruzeiro.




Com essa investigação, foram descobertas inúmeras irregularidades, que vão do aumento de gastos com contratos superfaturados, até gastos com casas de entretenimento adulto. O que nos mostra que o Cruzeiro foi realmente assaltado por toda a cúpula que permaneceu no clube, entre o dia 1° de dezembro de 2017, ao dia 31 de dezembro de 2019. Que foi o período que a Kroll elaborou o relatório.










O que mais impõe medo ao clube mineiro, são as irregularidades feitas com empresários e jogadores considerados "amadores", que podem levar o clube a sérias punições no âmbito da FIFA. Penas que podem ir de multas à até rebaixamentos de divisão no campeonato nacional.










O aumento de gastos com contratos também é seriamente investigado. Pois pode se tratar de um crime caracterizado como lavagem de dinheiro. O que nos deixou um pouco abismado e chega a ser vergonhoso é o uso do cartão de crédito corporativo para fins de satisfação sexual.














O Ministério Público vem investigando essas irregularidades, e pretende indiciar a ex-diretoria cruzeirense. Inclusive, o Deputado Estadual Léo Portela. Qua acompanha a investigação postou em seu twitter está informação.


Esperamos que seja concluída a investigação, e que todos os responsáveis por este roubo dentro do Cruzeiro sejam devidamente penalizados.

0 visualização