Confira tudo sobre Domènec Torrent, possível treinador do Flamengo

Após uma série de entrevistas com alguns técnicos europeus, o Flamengo definiu o escolhido.

Domènec Torrent foi escolhido por Marcos Braz e Bruno Spindel para comandar o Flamengo. O ex-auxiliar de Guardiola encantou os dirigentes flamenguistas, que marcaram uma reunião para definir os termos de contrato, comissão técnica e todas as burocracias que envolvem uma negociação. A vinda do treinador, irá depender muito de como a cúpula brasileira formulará a proposta ao técnico espanhol. De acordo com o jornal O Marca, o acerto entre as duas partes parece estar bem próxima.


A história de Torrent no futebol é extensa, mas o principal item do seu currículo é ter sido assistente do melhor técnico do mundo, Pep Guardiola. Antes de começar a trabalhar com Pep, o espanhol chegou a treinar as equipes do Palámos e do Girona, entre as temporadas 2003-2006.


Quando seu contrato terminou com o Girona em 2006, ele recebeu um convite de Guardiola para se juntar ao Barcelona B como auxiliar técnico. Muito lisonjeado, o espanhol se juntou a Pep, e com ele seguiu por todos os clubes em que o treinador passou. O assistente técnico passou por times como Barcelona B, Barcelona, Bayern De Munique e Manchester City, e com esses times conquistou 24 troféus.


Em 2018, após 11 anos de conquistas, e de junto com Pep Guardiola ter revolucionado o futebol. Domènec se sentiu pronto para assumir novamente a carreira de treinador. Sem perder tempo, a franquia do New York City que tem uma parceria com o clube inglês, contratou o ex-auxiliar, para assumir o cargo de treinador de futebol na MLS. O trabalho de Torrent no NYC, foi surpreendente. O técnico levou a franquia a melhor campanha da temporada regular de 2019. Mas acabou sendo eliminado na semi-final da conferência leste pelo Toronto FC.


O treinador disputou 60 jogos, venceu 29, empatou 14 e perdeu 17 partidas no comando do New York City. Nesta ótima campanha, o técnico usou muito do esquema 3-4-3. O espanhol é um Cruijffista nato, seu time tinha um ótimo desempenho ofensivo, mas sofria muito com a defesa. Com isso, ele encontrou a solução nos três zagueiros, que foram usados principalmente na parte áurea da temporada.


Ao meu ver, a principal dificuldade de Domènec caso assuma o Flamengo, será a gestão do elenco rubro negro. O treinador nunca teve uma experiência a frente de um time estrelado como é o brasileiro. Apesar de muitos falarem que Torrent tinha um papel importantíssimo a frente dos elencos de Pep Guardiola, a diferença é muito grande, pois, ter a sombra de um técnico tão importante no mundo, torna o seu trabalho muito mais fácil.


Agora nos resta esperar o término da negociação, para sabermos se Domènec Torrent, vai realmente treinar o Clube De Regatas Do Flamengo.



0 visualização