A confusão se instaura no Rio, e Ferj adia o término da rodada do campeonato carioca

O prefeito Marcelo Crivella publicou no sábado, um decreto que determina a suspensão dos campeonatos de futebol no Rio de Janeiro.

O documento tem o objetivo de adequar os protocolos da Federação carioca ao protocolo sanitário municipal. Contudo, o comunicado feito pelo prefeito, deu a entender que a decisão tomada por ele, seria para evitar que Botafogo e Fluminense perdessem por WO.

Embora a medida tenha sido tomada para "beneficiar" Botafogo e Fluminense, alguns outros times foram "prejudicados" e não puderam jogar. Os jogos Vasco x Macaé, Madureira x Resende, Botafogo x Cabofriense e Fluminense x Volta Redonda foram adiados para depois do dia 26/06. Um dia após o término do decreto.

Apesar da medida para "ajudar" Botafogo e Fluminense, estes dois times ainda se mantêm firme na posição que só voltarão a jogar no mês de julho. Isso deixa e a Ferj em uma posição delicada, pois tem dois dos maiores times do campeonato, indo contra a volta dos jogos.


A prefeitura e a Federação Carioca estão fazendo deste momento um circo, trapalhadas e atitudes moralmente totalmente discutíveis. Todos nós sabemos, que em meio a uma curva pandêmica ascendente sem precedentes de queda, não deveríamos nem pensar em volta de práticas esportivas. É totalmente desumano pensar neste tipo de coisa no momento.

8 visualizações